A INDÚSTRIA DA FELICIDADE: A TRISTEZA SISTEMATIZADA COMO - download pdf or read online

  • admin
  • November 29, 2017
  • Consciousness Thought
  • Comments Off on A INDÚSTRIA DA FELICIDADE: A TRISTEZA SISTEMATIZADA COMO - download pdf or read online

By CLEBERSON EDUARDO DA COSTA

(a5, 132 páginas) - Dentre as muitas correntes de pensamento que, aos seus modos, procuraram e/ou procuram abordar os problemas da chamada tristeza profunda, angústia e/ou melancolia (chamada também no mundo pós-moderno de depressão) apresentar-se-ão, aqui, algumas delas:
1-As de caráter psiquiátrico e/ou psicológico;
2-As de caráter antropológico;
3-As de caráter teológico;
4-E as de caráter filosófico-existencialista.
II
Na unidade I, abordaremos a primeira corrente, que é formada por psiquiatras e/ou psicólogos que, doravante, definem a depressão, chamada por eles de tristeza profunda, como sendo uma espécie de “doença psychological” pós-moderna e, que, nesse sentido, deve ser combatida – buscando-se a cura do indivíduo por ela acometido – com o uso sistemático de remédios, conhecidos estes como “antidepressivos e/ou estabilizantes do humor, etc.”
Na unidade II, de uma forma crítica, desenvolveremos as nossas proposições sobre a chamada Indústria da Felicidade, específica das sociedades pós-modernas capitalistas, caracterizando-a com as ideias de:
1-“Patologização da tristeza”;
2-Formação de uma espécie de “sociedade dos hipocondríacos”, entendida esta como sendo uma forma ideológica de alavancar e sistematizar, em escala worldwide, a chamada “Indústria Farmacológica e/ou da venda de remédios (em especial os dos chamados antidepressivos e/ou ditos “estabilizadores de humor”).
Na unidade III, saindo do plano das explicações médicas-científicas (psiquiátricas e/ou psicológicas) – que entendem e definem a tristeza profunda, angústia e/ou depressão como doença –, entraremos nas perspectivas epistemológicas de outras três correntes, que trazem outras interpretações, a saber:
1-As antropológicas neoevolucionistas (isto é, aquelas que procuram atrelar a ideia de angústia, tristeza profunda e/ou depressão, não como doença, mas como um processo de caráter evolutivo, isto é, de novas exigências sociais de adaptabilidade humana). Nesse sentido, partindo-se das proposições de Charles Darwin, veremos como é que pesquisadores da chamada corrente neoevolucionistas procuram compreendê-la como uma espécie de “mal necessário”, ou seja, como se ela, a chamada angústia, depressão e/ou tristeza profunda, além de não ser exatamente uma doença, tivesse também um chamado “lado bom.”
2-As de fundamentação teológica, ou seja, aquelas que associam a angústia, depressão e/ou a tristeza profunda às causas dos chamados men da alma e/ou do espírito, sendo a mesma, por eles, entendida também como sendo o resultado do afastamento do homem de Deus, fruto do pecado e/ou da impossibilidade (não se tendo fé) de se querer compreender, pela razão, aquilo que só seria possível de ser entendido por meio da fé.
3-As filosófico-existencialistas, isto é, aquelas que associam a angústia, depressão e/ou a tristeza profunda às consequências específicas de uma suposta “existência inautêntica” e/ou então de uma suposta “condição humana desumana”, entendidas, pelos chamados filósofos da corrente existencialista, como uma espécie de náusea, desespero e/ou então de angústia social profundas, sintetizadas pela ideia da “perda do sentido da existência”.
III
Esperamos que, essa obra, de alguma forma, possa contribuir à formação de uma geração não somente mais saudável do ponto de vista físico e/ou psychological (orgânico), mas também espiritual, já que, em filosofia, ideia significa o mesmo que espírito.

Show description

Read Online or Download A INDÚSTRIA DA FELICIDADE: A TRISTEZA SISTEMATIZADA COMO DOENÇA & A APOLOGIA DO VÍCIO EM ANTIDEPRESSIVOS (Portuguese Edition) PDF

Best consciousness & thought books

New PDF release: Human Nature and the Limits of Science

John Dupré warns that our figuring out of human nature is being distorted via defective and damaging varieties of pseudo-scientific considering. not only within the educational global yet more and more in lifestyle, we discover one set of specialists trying to clarify the ends at which people goal when it comes to evolutionary concept, and one other set of specialists utilizing fiscal types to provide ideas of ways we act to accomplish these ends.

Jeffrey E. Foss's Science and the Riddle of Consciousness: A Solution PDF

Recognition has turn into an enormous subject of medical curiosity, and dozens of books were written in recent times to give an explanation for it, but it nonetheless is still a secret. technological know-how and the Riddle of realization explains why cognizance is a riddle for technological know-how, and demonstrates how this riddle might be solved.

Michael Tye's Consciousness, Color, and Content (Representation and Mind) PDF

Reports and emotions are inherently unsleeping states. there's something it really is wish to consider discomfort, to have an itch, to adventure brilliant purple. Philosophers name this type of awareness "phenomenal attention. " even if out of the ordinary realization appears a comparatively primitive subject, whatever extra common in nature than higher-order or reflective recognition, it really is deeply confusing.

The Assumption of Agency Theory (Ontological Explorations) by Kate Forbes-Pitt PDF

The belief of service provider conception revisits the Turing try and examines what Turing’s assessor knew. It asks vital questions on how machines vis à vis people were characterised due to the fact that Turing, and seeks to opposite the fad of having a look heavily on the desktop by means of asking what people be aware of in interplay and the way they realize it.

Additional resources for A INDÚSTRIA DA FELICIDADE: A TRISTEZA SISTEMATIZADA COMO DOENÇA & A APOLOGIA DO VÍCIO EM ANTIDEPRESSIVOS (Portuguese Edition)

Sample text

Download PDF sample

A INDÚSTRIA DA FELICIDADE: A TRISTEZA SISTEMATIZADA COMO DOENÇA & A APOLOGIA DO VÍCIO EM ANTIDEPRESSIVOS (Portuguese Edition) by CLEBERSON EDUARDO DA COSTA


by William
4.1

Rated 4.14 of 5 – based on 17 votes